30 de out de 2015

Dica de Leitura: Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra


Oi gente, tudo bem?
Hoje trago uma dica de leitura. Esse é o primeiro post do blog que traz uma dica de livro e não será o último.. a partir de agora espero que esse tipo de postagem seja mais frequente por aqui.

Recebi da Chiado Editora, o livro Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra, que marca a estreia do psicanalista Sérgio Rossoni na literatura juvenil e ainda com prefácio do escritor Ricardo Ramos Filho.

Ao desenvolver a trama,Sérgio Rossoni usou como base a cultura russa para a criação da estrutura da história, personagens e fatos históricos.



A história é protagonizada pelo gato Birman Flint, astuto repórter do Diário do Felino que investiga, ao lado de seu parceiro, Bazzou, um carismático e inteligente rato, o misterioso assassinato de outro roedor:Karpof Mundongovich. 

A intensa investigação acerca do crime conta com a contribuição de animais de várias espécies, como o galo detetive Galileu Ponterroaux, o esquilo comissário Esquilovski, embaixador da cidade de Rudânia, o gato Splendorf Gatalho e o pato acadêmico Patovinsky Fabergerisky. Juntos, eles ajudam a elucidar esse caso.

Sobre a editora:

 A Chiado editora é especializada na publicação de autores portugueses e brasileiros contemporâneos, sendo na atualidade, a maior editora em Portugal neste segmento. A Chiado editora publica igualmente na Alemanha, Bélgica, Espanha e América Latina, Estados Unidos,França, Luxemburgo,Irlanda e Reino Unido.


Estou apenas no começo do livro, mas estou gostando muito, a leitura é daquelas que flui sabe... quando você se dá conta já passou um tempão hehehe.

São 383 páginas e o lançamento do livro será agora no mês de Novembro. O preço sugerido é de R$38,00.

Beijos e até a próxima!

Image and video hosting by TinyPic

25 de out de 2015

Maquiagem: Inspirações para Halloween

Imagens: Google/ We heart it
Oi gente, tudo bom?

O Halloween está aí.. gente como o ano passou rápido né.. Então, como nessa data as bruxinhas saem desfilando por ai, escolhi algumas inspirações para ajudar quem está na dúvida e não escolheu ainda a sua fantasia.

Hoje em dia é muito fácil encontrar ideias para uma maquiagem de Halloween, basta fazer uma rápida pesquisa na internet e várias surgem na sua tela, porém a maioria delas é elaborada e ter simplesmente força de vontade para executar não é suficiente heheehe tem que ter talento. Por isso,como eu não tenho tanta vocação para maquiagem como gostaria, escolhi ideias que podem ser reproduzidas por qualquer pessoa.

Imagem: Google/ We heart it

Imagens: Google
No Halloween do ano passado fiz a minha versão de caveira mexicana... queria ter colocado flores na cabeça mas como foi de última hora não consegui arrumar.


Gostaram das inspirações? Então no próxima sábado libere a bruxa (ou caveira mexicana, ou vampira) que existe dentro de você e divirta-se!

Image and video hosting by TinyPic

19 de out de 2015

Itália #2 Roma



Olá! Voltei pessoas!!
Continuando a viagem por terras italianas, depois de passar um dia em Pisa, o nosso destino foi Roma.De todos os lugares do nosso roteiro, o que eu mais estava animada e ansiosa em conhecer era Roma.

O nosso primeiro passeio foi conhecer o Coliseu.Confesso que o que mais me deixou encantada foi o fato de andar pelas ruas e do nada encontrar algo histórico no meio do caminho.Tipo, você está lá, caminhando e do nada você olha para o lado e pá tem o coliseu.

Quer um conselho? Não vá no verão.Sabe aquele calor de 40°? então duplique, triplique e tire todo o vento que ai você terá a sensação que tivemos lá.Acho que foi o dia mais quente da viagem (seguido por Veneza) o que acabou atrapalhando um pouco o passeio.

As entradas para o Coliseu valem também para o Forum Romano e o Palatino (contam como uma atração) então você paga por uma e de quebra conhece três atrações.Como disse em outros posts, pesquisei muito sobre essa viagem e procurei por várias dicas e uma das que encontrei foi em relação as filas... no coliseu as filas são enoooooooooormes e o nosso tempo era meio limitado, então a dica era comprar o ticket no Forum Romano e depois ir para o Coliseu, pois as filas quilométricas do Coliseu são para comprar o ticket e não para entrar.


Compramos  pela internet mas tínhamos que trocar os comprovantes pelos tickets... fomos direto para o Forum Romano,trocamos por lá e não pegamos fila :)


Andamos pelo Forum Romano mas não conseguimos conhecer tudo pois o calor estava insuportável e como é um museu a céu aberto estava impossível continuar a caminhada.

Arco de Tito
Detalhes do Arco de Tito
Partimos para o Coliseu.É um lugar incrível e um privilégio conhecer.. Li na internet,o depoimento de várias pessoas falando que lá dentro a atmosfera era pesada, mas não achei nada disso (acho que o calor afetou minha sensibilidade).Tirar fotos foi uma tarefa difícil pois a quantidade de turista era grande.

Sou brasileira e não desisti até encontrar um lugarzinho mais tranquilo pra tirar a foto



Uma curiosidade é que as noivas tem o hábito de sair da igreja e tirar as fotos do casamento em frente ao Coliseu.Agora imaginem a cena: vestidos brancos longos sendo arrastados em um chão que é pura terra e com um calor de 40º C...imaginem o glamour hehehe. Nesse dia vi três noivas e é claro que não poderia deixar de registrar pelo menos uma né.

Atenção noivinhos, olhem pra câmera heheh
É uma verdadeira loucura, noivas tirando fotos, ônibus de turismo passando a cada 5 minutos, gente de tudo quanto é lugar do mundo...

A Itália é conhecida por seus deliciosos sorvetes (Gelatos) e fiz questão de experimentar o máximo possível.. aliás, só ele conseguia amenizar um pouco o calor.Conhecemos uma sorveteria chamada Gelateria Giolitti que estava lotada por sinal...Essa sorveteria existe desde 1900 e já foi considerada uma das melhores de Roma..o sorvete era tão bom, mas tão bom que até esqueci de tirar fotos..

Uma das coisas que queria conhecer era a Fontana Di Trevi, afinal ela apareceu em tantos filmes que queria ver com meus olhos se ela era tudo aquilo mesmo..Mas ela ainda estava em reforma #chateada e não deu pra ver muito bem...mas é uma construção impactante.... Existe uma lenda que se jogar uma moedinha na fonte você voltará em Roma.. é obvio que joguei hehehe imagina, quero voltar e ver essa fonte depois de reformada.

Pena que estava em reforma
No caminho para a fonte encontramos a Zara localizada na Via del Corso e é somente a maior Zara de Roma.. não me lembro bem, mas acho que tem uns 4 andares..

A noite em Roma é bem animada, as ruas ficam repletas de turistas e vários artistas ficam nas ruas vendendo seus pinturas e cantando suas músicas...

E esse foi meu rápido relato a respeito da viagem a Roma..
Beijos e até a próxima

Image and video hosting by TinyPic

7 de out de 2015

Itália #1:Pisa


 
Oi pessoas!! Primeiro post sobre a Itália uhuull !!!
Depois de dias incríveis na Suíça, nossa primeira parada em solo italiano foi Pisa.
Chegamos e já fomos direto para o local onde fica a famosa torre de pisa... Confesso que a torre é menor do que eu imaginava, mas é linda, toda branquinha... que até dá pra esquecer de seu tamanho.


Próximo a torre fica a Catedral e o batistério, aliás, a Catedral também é um pouco torta..se analisarmos bem, na sua lateral dá pra ver nitidamente a diferença de altura. A torre na verdade, foi construída para abrigar o sino da Catedral e logo no começo da construção ela já começou a entortar, isso lá pelo ano de 1.173...

A torre é aberta para visitação, mas tem horários para a realização das visitas... Cada visita dura 20 minutos e não pode levar mochilas (lá tem uns armários bem arrumados para guardar). Depois de entrar e esperar todas as pessoas que vão subir, aparece uma guia que explica toda a história da torre para depois todos começarem a subir..

Como sou uma pessoa sedentária heheh, senti um pouco na subida viu..mas a vista lá de cima é incrível.



Linda a vista né! Basicamente, as atrações são a Catedral e o Batistério (que aparecem nessa foto) e a torre.Esse gramado é muito bem conservado, tendo em vista o número de visitantes diários que passam por lá..e as pessoas ficam lá, sentadas, admirando, tentando tirar a foto clássica empurrando a torre,brincando com seus cachorros.. 


A noite jantamos em dos restaurantes localizados em torno da torre e se ela já linda a luz do dia, vocês não tem ideia do que é iluminada. Ela vai sendo iluminada aos poucos, andar por andar... mas não consegui tirar nenhuma mísera foto, nessa altura do campeonato já tinha acabado a bateria da câmera, da gopro e do celular.

Vocês sabiam que a torre de Pisa foi construída para abrigar o sino da Catedral? Eu não sabia...
E esse foi o post sobre Pisa... alguém advinha qual foi o próximo destino?? 

Image and video hosting by TinyPic

2 de out de 2015

Cunter - St. Moritz



O terceiro dia na Suíça, foi bem corrido também. Fomos conhecer St. Moretz, mas antes passamos pelo vilarejo de Cunter, localizado no Cantão Grisões (que fica na Suíça Alemã) e é muito visitado nas férias de inverno. Como fomos no verão, o lugar estava deserto (e lá tem apenas 240 habitantes!) pra ser sincera até meio sombrio... encontramos poucas pessoas por lá, mas foi incrível para descansar e esquecer de tudo, inclusive da internet.

Cunter
Em torno de Cunter tem outras vilas encantadoras, tranquilas e casinhas com flores nas janelas (só as crianças que são muito sérias, tentei interagir com algumas mas acho que elas não foram com a minha cara hehe).


O que mais gostei foi das "vendinhas" com produtos artesanais (geléias, doces, etc) e  queijos.. Meu Deus quanto queijo hehe.


Nesse dia, experimentamos um prato típico da Suíça, a raclete,
Raclete vem do francês racler (raspar, em português), é um prato feito com queijos e a ideia é derreter os pedaços de queijos na racleteira e jogar em cima de batatas cozidas.

As racleteiras são aparelhos elétricos com "panelinhas" para derreter o queijo e na parte de cima, tem uma chapa para grelhar por exemplo:  bacon, camarão, enfim, coisas bem saudáveis #sqn..

A foto não ficou lá essas coisas,, afinal eu estava preocupada em comer heheh
Parece um coisa simples um prato com queijo e batatas, mas gente é muito bom.. Gostei tanto que até fiz uma cotação de preço de uma racleteira em alguns sites, mas ainda não achei uma do jeito que eu quero.

Passamos uma noite lá em Cunter e eu dormi em um sótão (nem preciso falar o quanto foi legal). 

Também fomos conhecer St. Moritz, que dizem por aí, é o lugar onde foi criado o turismo de inverno, e é conhecido também por ter o sol mais forte no verão..mais ou menos, a uns 100 anos atrás. O caminho até lá, é cheio de curvas e tem cerca elétrica por toda a rodovia para afastar os animais, mais precisamente as vacas (com sininhos no pescoço e tudo).

Essa foi a vista chegando em St. Moritz
O lugar é lindo, cheio de lojas de grife e com uma papelaria incrível, fiquei pouco tempo mas ficaria horas se possível. Foi apenas um passeio rápido mas deu tempo para um sorvetinho...




Lá é tão evoluído que até os cachorros pegam o volante.
Quero voltar na Suíça, se possível no inverno..Antes da viagem, pesquisei muito sobre a Itália e sobre a Suíça apenas li sobre os castelos de Bellinzona, que acabei nem conhecendo.. fui sem conhecer bem o lugar e voltei encantada, maravilhada, querendo bis.

See you, Suíça.

Ficou longo né, eu sei heheh 

Continuem acompanhando pois o próximo post será sobre a Itália.

Até mais,

Image and video hosting by TinyPic

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©